sexta-feira, 8 de julho de 2016

Estou viva.

Não.
Eu não queria estar viva. Talvez escrever as frases "estou viva" e "continuo aqui" seja tão doloroso pra mim quanto enfiar lâminas nos meus olhos.
1 ano depois. O que mudou? Eu virei uma porca gorda.
Hoje, nesse exato momento, estou com 58,5kg. Tenho muita vergonha disso, mas desde que comecei a ir ao psiquiatra, colocamos 55kg como uma meta, e pra quem estava com 63kg até outro dia, 58kg não é tão ruim.
Meninas, eu me perdi. Vivo vegetando num grande abismo escuro, sem saída.
Não sei mais o que faço pra emagrecer.
Dois meses atrás fiz a dieta dos carboidratos, e no terceiro dia tomei diurético. Resultado: tive um início de AVC na faculdade.
Minha namorada estava comigo, foi apavorante. Meu rosto paralisou, eu não conseguia me mover, vomitei e não senti minhas pernas e meus braços. Depois de pouco tempo tudo voltou ao normal.
Meu psiquiatra tem me ajudado com as crises de ansiedade e também me ajuda a parar com a automutilação, fui diagnosticada com transtorno Borderline também.
Nada me ajuda a esquecer a Ana. Eu peço pra você que está lendo isso, se tiver alguém, me ajude. Eu preciso de algo pra alcançar minha meta e poder dormir em paz, já não sei o que é dormir sem remédios calmantes.

Me ajudem.
Com amor,
mari.

domingo, 12 de julho de 2015

56kg? WTF

Gente, preciso muito saber o que tem de errado com o meu metabolismo.
Ontem fiz o primeiro dia da dieta do leite, mas bem, eu nunca fui de ir muito ao banheiro pra fazer xixi, e ontem não foi diferente, mesmo eu tendo tomado 6 copos de 200ml de leite desnatado.
A questão é: todos os fóruns que li os tópicos sobre essa dieta, as pessoas perdiam 1kg, 1,5kg logo no primeiro dia, e eu ao invés de perder só ganhei. Isso faz sentido?
Será que tenho que largar as dietas líquidas por causa do mau funcionamento do meu metabolismo?
Preciso de ajuda, urgente. Tenho 8 dias pra perder 3kg e não sei como raios esse milagre pode acontecer.
Alguém conhece alguma dieta de emergência? Ou terei que apelar pro NF, mas odeio NF pq ele só me da mais vontade de comer :(

Enfim, preciso muito de vocês agora.

Com amor,
Mari

sábado, 11 de julho de 2015

55kg + fotos.

Fazia muito tempo que não me olhava no espelho sem roupa, creio que foram 10 dias.
Porém, senti que eu precisava me olhar para me motivar mais nessa dieta. Preciso emagrecer.
A verdade é que não quero emagrecer somente pra mim - quero mostrar ás pessoas ao meu redor que eu posso ser magra, voltar para as aulas em agosto com um corpo aceitável, e ao menos voltar a conseguir me olhar e ter forças para me arrumar e sair de casa.
Estou gorda, com um corpo horrível. Mas deixo aqui essas fotos para poder comparar quando eu estiver com pelo menos 51/50kg.
Me desculpem por fazer vocês verem isso.
Com amor e um tanto de vergonha,
Mari.




55kg + dieta do leite.

Creio que a pior parte de tudo isso é ter que tomar banho e sentir meu corpo. Insisto em tomar banho no escuro para que eu não me veja - o que o olho não vê, o coração não sente.
Me escondo de mim mesma, e quando menos espero, acabo vendo o reflexo dos meus olhos cansados no espelho, e me machuco novamente.
Li em um dos blogs que visito que ela está com os pulsos limpos, gostaria de dizer o mesmo; os meus estão cicatrizando, assim como as minhas coxas, cujas peguei bem pesado.
Me pesei hoje assim que acordei e vi que estou com 54,9kg. Decidi então começar com a dieta do leite, para depois poder fazer as dietas que me indicaram nos comentários do post passado (inclusive agradeço imensamente pelo apoio, gente, isso faz uma diferença muito grande, de verdade. Ainda mais pra quem se sente sozinha no mundo o tempo todo).

A depressão tem pego pesado comigo, cada vez me afundando mais. Me sinto num imenso mar de lâminas afiadas e memórias de um passado mais que perfeito que nunca voltará - meus queridos e adorados 48kg. Fui fraca demais ao demonstrar que eu estava morrendo, eu não queria ser salva. Eu queria ter morrido - magra e vazia. Mas aqui estou eu, gorda novamente.

Vou tirar uma foto do meu corpo mais tarde pra mostrar pra vocês. Estou puro desastre, estou um nojo.

domingo, 28 de junho de 2015

perdida

lhes escrevo isso enquanto trago meu 11º cigarro do dia.
fui embora, sumi - eu sei. aliás nem sei mais se alguém lerá isso, minha súplica por ajuda.
minha mãe descobriu ano passado sobre a ana, e desde então tenho tentado me tratar: tomo antidepressivos e soníferos, frequento psicólogos e psiquiatras, e a verdade é que tudo só desandou, nada cessou.
engordei, chuto estar com 55kg agora. nesse tempo afastada também virei modelo, e faço nu artistico na esperança de me amar mais, porém, nada muda.
á quem lê isso, eu imploro que me ajudem. não sou mais ana, agora sou mia (não das que miam, mas daquelas que se entopem de remédio depois de comer) pois não consigo me controlar perto da comida.
se você leu isso e pode me ajudar, seja com uma dieta que me faça voltar a me controlar, ou com palavras, eu aceito, só peço para que você não ignore isso.

com amor,
mari.